smartmockups_kno9jm9e.jpg

Peça já o seu no link: amazon.com.br

smartmockups_kno9wctz.jpg

Vinte contos,

um ensaio e uma novela

Sobre as trevas:

 

O que move o ser humano, senão o medo e a consciência da finitude?

 

Este livro traz vinte contos, um ensaio e uma novela, cuja temática, muito mais que contar histórias que mesclam a realidade à ficção, a filosofia à literatura, busca estimular a reflexão e a discussão de temas complexos, tais como: os conflitos do eu (Cartas a Aline, As Verônicas, O diário de Isabel); o que há de mais mesquinho e desprezível nas relações sociais (O terror das Marianas, Malmequer, A Kombi e a Náusea); e o drama das pessoas que veem o mundo de uma forma excessivamente idealizada (O terror de Hidrolândia, O mistério de Alixa Mabih, A monstruosidade de Tucuruí, e As trevas do Eu).

 

Os subtemas, explícitos e implícitos nas tramas, por vezes tratados no meio social com superficialidade por serem incômodos, emergirão a todo momento para que possamos nos lembrar que eles devem ser pauta nas discussões éticas que visam o melhoramento da convivência humana: são eles: a depressão, o suicídio, o machismo, a violência doméstica, o racismo, a sexualidade, entre outros.

As trevas citadas no título deste livro fazem referência à escuridão do olhar sobre si mesmo. Quem é você? Talvez consigamos nos definir ou dizer algumas palavras soltas sobre o autoconhecimento e, com isso, sintamo-nos bem. Porém, uma vez diante do espelho, não identificamos no nosso próprio reflexo nenhum atributo que nos acalme a alma por completo: eis as trevas.

 

Convido-os agora à uma reflexão no campo da ficção: o que vocês sabem (ou julgam saber) sobre si mesmos os tornariam protagonistas de uma história de terror ou  figurantes de uma comédia romântica?

As respostas, encontradas no livro, foram dadas por alguns personagens que venceram as trevas e, sobretudo, por outros que não ousaram mentir.

© 2020 por Eber Urzeda dos Santos

  • Facebook ícone social
  • Twitter
  • Instagram